Ricardo Toscano Funchal Jazz Festival 2015

© Renato Nunes

RICARDO TOSCANO QUARTETO

 

JAM SESSIONS  |  AFTER HOURS

JUL 2, 3 & 4

 

 

 

 

 

Ricardo Toscano  sax alto

João Pedro Coelho  piano

Romeu Tristão  contrabaixo

João Pereira  bateria

Crítica de 5 estrelas no Expresso ao concerto do Ricardo Toscano Quarteto no Estoril Jazz 2015

 

Clique na imagem para a ampliar

Ricardo Toscano é a nova coqueluche do jazz nacional, conforme se pode aferir pela sua frequente solicitação por vários destacados líderes, como Nelson Cascais, Luís Figueiredo, André Fernandes, Bruno Santos, Afonso Pais, André Carvalho, João Hasselberg, Mário Barreiros, Carlos Barretto ou Mário Laginha.

 

Em 2010, com apenas 16 anos e numa altura em que se dedicava ao jazz havia apenas seis meses, Ricardo Toscano foi alvo de uma menção honrosa na qualidade de melhor instrumentista na 8ª edição da Festa do Jazz do São Luiz, onde representava a Escola de Jazz Luiz Villas-Boas do Hot Clube de Portugal, que ganhou também o prémio de Melhor Combo. No ano seguinte, lidera um quarteto que sai vencedor do Prémio Jovens Músicos Antena 2.

 

Em 2013, foi distinguido como um dos músicos do ano, atrás de Wayne Shorter e em ex aequo com Craig Taborn, pela votação da crítica nacional publicada no site JazzLogical. Em 2014, no mesmo site, é eleito Músico do Ano, em ex-aequo com Ambrose Akinmusire (trompetista que no ano passado encerrou o Funchal Jazz) e Steve Lehman.

 

Tendo integrado o grupo de Ricardo Toscano ganhador do Prémio Jovens Músicos acima referido, João Pereira ganhou, quando tinha apenas 17 anos, o Prémio de Melhor Solista na 9ª edição da Festa do Jazz do Teatro São Luiz; ainda antes disso, aos treze anos de idade, ganhou o prémio de Baterista Revelação Nacional 2007 no Musicland Drummers Festival. O pianista João Pedro Coelho ganhou, em duo com Gonçalo Neto, em ex-aequoo Prémio Jovens Músicos 2013.

 

Ricardo Toscano tem vindo a apresentar-se em importantes salas do país, com o renascido Sexteto de Jazz de Lisboa, onde surge ao lado de Mário Laginha, Tomás Pimentel, Edgar Caramelo e os irmãos Pedro e Mário Barreiros.

 

Tem-se apresentado com o seu quarteto, ao longo do último ano, na Casa da Música, bem como no palco principal de alguns importantes festivais de jazz nacionais, como o Angra Jazz ou o Estoril Jazz.