RUDRESH MAHANTHAPPA BIRD CALLS
JUL 15 | 23:15
Adam O'Farrill trompete / trumpet
Rudresh Mahanthappa sax alto / alto sax
Bobby Avey piano
Thomson Kneeland contrabaixo / double bass
Rudy Royston bateria / drums

 PRÉMIOS E RECONHECIMENTOS  |  AWARDS AND RECOGNITION

 

  #1 Jazz Journalists Association "Alto Saxophonist of the Year" 2009-2013, 2016

  #1 JazzTimes Critics’ Poll "Alto Saxophone" 2011, 2014, 2015

  #1 DownBeat Critics’ Poll "Alto Saxophone" 2011, 2012, 2013, 2015, 2016

  #1 DownBeat Critics’ Poll "Jazz Album of the Year" 2015 (Bird Calls)

  #1 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Composer" 2015

  #1 JazzTimes Critics’ Poll "Best Acoustic Group/Artist" 2015 (Bird Calls)

  #1 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Jazz Artist" 2009

  #1 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Alto Saxophone" 2009

  #1 NPR Critics’ Poll "Jazz Album of the Year" 2015 (Bird Calls)

  #1 Village Voice "Best Jazz Artist" 2015

  #1 JazzLogical "Músico do Ano Internacional" 2015

  #4 JazzTimes Critics’ Poll "Artist of the Year" 2015

  #4 JazzTimes Critics’ Poll "Composer" 2015

  #3 JazzTimes Critics’ Picks "Top 50 CDs" 2015 (Bird Calls)

  #2 JazzLogical "CD Internacional" 2015 (Bird Calls)

  # Nomeação pela Jazz Journalists Association "Alto Saxophonist of the Year" 2015

  # Nomeação pela Jazz Journalists Association "Composer of the Year" 2016

  # Nomeação pela Jazz Journalists Association "Record of the Year" 2016 (Bird Calls)

  # Nomeação pela Jazz Journalists Association "Midsize Ensemble" 2016 (Bird Calls quintet)

  #3 DownBeat Critics’ Poll "Alto Saxophone" 2014

  #2 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Composer" 2013, 2014

  #3 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Composer" 2012

  #4 DownBeat Critics’ Poll "Jazz Album of the Year" 2011 (Apex)

  #4 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Jazz Artist" 2011

  # Nomeação pela Jazz Journalists Association "Recording of the Year" 2011 (Apex)

  #2 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Alto Saxophone" 2010

  #4 DownBeat Critics’ Poll "Rising Star Composer" 2009

  # 58th GRAMMY® Best Instrumental Composition (Arturo O'Farrill - composer - Afro-Latin           Jazz Suite - Arturo O’Farrill & The Afro Latin Jazz Orchestra featuring Rudresh Mahanthappa)

  # Doris Duke Performing Artist Award

  # Guggenheim Fellowship

  # New York Foundation For The Arts Fellowship (2 x)

  # Rockefeller Foundation MAP Funch Commission

  # Chamber Music America Commission

  # American Composers Forum Commission

Rudresh Mahanthappa é, sem qualquer margem para dúvidas, o saxofonista (se não mesmo o músico) mais reconhecido e galardoado da última década da história do jazz, continuando os prémios e nomeações a surgir-lhe, com maior intensidade do que nunca, ao longo do último ano.

 

Embora com algumas participações como sideman verdadeiramente dignas de nota (com, entre muitos outros, Jack DeJohnette, Rez Abbasi, Danilo Pérez, Jason Robinson ou Clark Terry), a colaboração que manteve ao longo de vários anos com o pianista Vijay Iyer (da qual resultaram, ao todo, nada menos dos que nove álbuns) e, cada vez mais, a sua carreira como líder têm constituído os principais enfoques de um percurso que conta já com mais de duas décadas de contínua e intensa atividade e cerca de uma dezena de discos em seu nome, bem como vários projetos co-liderados com Steve Lehman, Bunky Green, Kadri Gopalnath, Mark Dresser e Gerry Hemingway..

 

Para a criação de Bird Calls, Mahanthappa não se limitou a uma mera reinterpretação do repertório do grande mestre e pai do bebop e do jazz moderno, Charlie “Bird” Parker, tendo antes composto toda a música do projeto, numa espécie de “Charlie Parker reimaginado”, uma tarefa através da qual torna mais clara do que nunca a elevada originalidade do seu ser musical e a necessidade de que, sempre que de verdadeira arte se trate, sejam postas de lado a colagem, a imitação e a repetição. Para a apresentação de Bird Calls no Funchal Jazz Festival 2016, Rudresh Mahanthappa conta com a presença em palco de músicos tão distintos quanto o trompetista Adam O’Farrill, o pianista Bobby Avey, o contrabaixista Thomson Kneeland e o baterista Rudy Royston.